WhatsApp permitirá uso de celular secundário para enviar e receber mensagens


WhatsApp vai permitir a sincronização das conversas entre dois dispositivos móveis em tempo real. A versão beta 2.22.15.13 traz suporte para cadastrar outro celular como secundário sem exigir uma conexão ativa com a internet no aparelho principal para enviar mensagens.

Quando o segundo aparelho for ativado, o WhatsApp começará a puxar os chats diretamente do servidor para garantir acesso total às mensagens. Qualquer usuário poderá vincular um dispositivo extra, o que pode ajudar quem lida com dois aparelhos ou empresas que precisam ter várias pessoas conectadas.

O celular secundário vai receber todas as mensagens e poderá interagir com os chats mesmo se o dispositivo primário não estiver conectado (Imagem: Reprodução/WABetaInfo)

Segundo o WhatsApp, ao fazer login em um dispositivo móvel secundário, os bate-papos são copiados com segurança (criptografados) para o aparelho. Esse processo vai baixar tudo da nuvem, logo pode levar algum tempo para ser concluído. Mas a parte boa é que a sincronização não impede o uso, logo dá para enviar e receber novas mensagens enquanto transfere as antigas.

O app de mensagens já suportava múltiplas conexões em computadores, notebooks e tablets (via Web), porém somente um aparelho celular por vez era permitido. Agora, dá para manter a conta atrelada ao seu dispositivo pessoal e usar um celular funcional para enviar ou receber mensagens e mídias.

Cuidado com o cadastro dos dispositivos secundários

Embora haja o lado positivo, é importante ressaltar o perigo da novidade em caso de roubo da sua identidade. Um criminoso poderia acessar silenciosamente todas as suas mensagens, interagir com seus contatos e fazer um estrago antes que a vítima perceba. O ideal é ativar todos os recursos de segurança possíveis para evitar sustos.

Por enquanto, o "modo complementar" ainda está em fase de desenvolvimento e nem os testadores beta do WhatsApp conseguem utilizá-lo. A plataforma nada mencionou sobre tal possibilidade, portanto pode levar alguns meses para o experimento chegar aos usuários.

Ontem (7), outro teste do "Zap" expandiu a transferência de histórico de conversas do Android para o iOS. A adição permitirá que as pessoas possam mudar de sistema operacional sem perder as mensagens trocadas em chats individuais ou em grupos.

Fonte: WABetaInfo  

Postar um comentário

0 Comentários