Sérgio Moro é condenado por fraude eleitoral e não pode mais ser candidato a nada em 2022

 Sérgio Moro

A condenação coloca por terra, mais uma vez, a seriedade de Moro e revela que ele gosta de fraude desde os tempos da Lava Jato.

São Paulo - O ex-juiz declarado parcial pelo Supremo Tribunal Federal (STF) Sergio Moro foi derrotado no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) e não poderá ser candidato nas eleições deste ano.

O PT havia entrado com recurso contra o ex-magistrado por fraude no domicílio eleitoral. Moro é do Paraná. O partido destacou que ele "não possui vínculos com o estado de São Paulo, tampouco, com a cidade".

A decisão foi anunciada em primeira pela jornalista Vera Magalhães.

Com mais essa derrota na Justiça fica provado, mais uma vez, Sérgio Moro sempre esteve envolvido com fraudes deste os tempos em que comandou a Lava Jato.

Fonte: Brasil 247

Postar um comentário

0 Comentários