Faustão decepciona Band e faz TV dar desconto de 85% para anunciantes


Há menos de um mês no ar e ainda sem encontrar um piso de audiência, Faustão já tem tirado o sono dos executivos da Band. Cada vez mais distante da disputa pela vice-liderança, o programa do comunicador conseguiu apenas se firmar na quarta colocação em sua faixa horária e está aquém dos índices esperados pela diretoria da emissora, que esperava que a atração conseguisse ter média de ao menos 5,5 pontos na Grande São Paulo. Diante da queda livre, o departamento Comercial do canal decidiu dar descontos de até 85% para os interessados em anunciar no formato.

A reportagem do TV Pop teve acesso, em primeira mão, ao plano comercial atualizado de Faustão na Band. O documento, que foi enviado para as agências de publicidade na primeira semana do mês, festeja a repercussão do primeiro programa do apresentador e sinaliza que a emissora ainda acredita no índice vislumbrado como ideal antes da estreia da atração. Nele, o canal entrega aos anunciantes um estudo feito com base em dados da Kantar Ibope Media, mostrando que o formato continua sendo uma aposta rendável para as empresas.

Ao decorrer do documento, a Band garante que conseguirá entregar resultados comerciais melhores que os obtidos pelo Domingão do Faustão. A emissora diz que a Globo concedia desconto de 15% para os anunciantes nos últimos seis meses em que a atração estava no ar, gerando um custo estimado de R$ 0,21 para cada mil pessoas atingidas pelo anúncio, gerando cerca de 1,5 bilhão de impactos ao decorrer do contrato publicitário. Impacto, vale dizer, é o termo técnico para definir o total de GRPs absolutos (audiência multiplicada pelo número de inserções) da campanha.

De acordo com o canal, Faustão na Band conseguiria entregar 2,3 bilhões de impactos para uma campanha em condições idênticas a da rival por um custo muito menor, estimado em R$ 0,04 para cada mil pessoas atingidas pela propaganda. Além disso, a Band alega ter um TRP (audiência nichada multiplicada pelo número de inserções) 50% maior em comparação com o Domingão, apesar de ter um universo de telespectadores potenciais relativamente menor do que o da Globo: ela tem alcance estimado de 191 milhões de pessoas, enquanto a líder conta com 203 milhões.

Na sequência, a emissora apresenta os valores cheios dos pacotes disponibilizados para o mercado publicitário. O combo mais caro envolve o patrocínio e uma ação de merchandising no quadro Cassetadas do Faustão, único bloco diário da atração, por 13 semanas: o anunciante interessado em adquirir essa cota teria que desembolsar R$ 96.766.670,69 para ter a sua marca veiculada no programa. A emissora, porém, está disposta a comercializar o espaço por “apenas” R$ 15.945.802,60 — ou seja, a área mais nobre do programa já está sendo vendida com desconto de 84%.

Um valor semelhante é proposto para as marcas interessadas em patrocinar um dos cinco maiores quadros da atração (Na Pista do Sucesso, Dança das Feras, Grana ou Fama, Pizzaria do Faustão e Churrascão do Faustão): o montante, inicialmente vendido pela bagatela de R$ 96.625.023,36, também está sendo disponibilizado com um abatimento de 84% no pacote de 13 semanas, custando agora R$ 15.660.687,50. Para empresas menos favorecidas, a Band oferece a possibilidade de patrocinar três quadros de menos destaque e até mesmo de comprar inserções avulsas no programa.

Para ter a sua marca vinculada aos quadros Esta é a Sua Vida, Desbravadores do Planeta e Histórias de Vida, também por 13 semanas, o anunciante teria que desembolsar inicialmente pouco mais de R$ 52 milhões. Com a generosa tabela de descontos do canal, o preço do anúncio desaba para módicos R$ 8,5 milhões. A oferta menos generosa oferecida pela empresa envolve o abatimento de apenas 70% do valor original: o preço de uma ação avulsa de merchandising caiu de R$ 2.611.769,50 para R$ 783.530,50.

O maior desconto, de exatos 85%, envolvia só a exibição de intervalos comerciais em um dia pré-determinado durante 13 semanas. O pacote, inicialmente vendido por R$ 88.845.463,36, acabou sendo comercializado na semana passada para o Bradesco: o banco adquiriu espaço nos intervalos de Dança das Feras, quadro transmitido nas noites de quarta-feira, por R$ 13.326.819,50, com bonificações em inserções especiais e em ações desenvolvidas para as plataformas digitais da Band.

Por fim, a emissora avisa que a produção de Faustão na Band já está atuando nas primeiras reformulações da atração. Grana ou Fama, exibido nas edições de terça-feira do programa, deverá ter sua última edição da temporada transmitida em 8 de março, enquanto a Dança das Feras deverá encerrar sua bateria de episódios na noite de 13 de abril. Não há, no entanto, definição alguma sobre o que ocupará o espaço dos quadros.

Comentários

Postagens mais visitadas