Dono de bar é morto a tiros por sargento da PM após se negar a vender bebida em Patú-RN; cliente é baleada

 homem 1

 Dono de bar é morto a tiros por sargento da PM após se negar a vender bebida.

O dono de um bar e uma jovem foram atingidos com tiros em Patu, cidade do Oeste potiguar, na madrugada deste domingo 6 em um estabelecimento comercial da cidade. O homem, conhecido como Rivonaldo Felipe de Queiroz, morreu. Já a jovem levou um tiro no rosto e foi socorrida às pressas para Hospital Regional de Pau dos Ferros, onde está internada em estado grave. De acordo com o Comando da Companhia Independente de Patu, o suspeito fugiu para uma direção desconhecida dentro do mato.

O autor dos disparos seria o Sargento da PM Francisco Batista Pereira. A motivação do assassinato começou quando lhe foi negado uma última dose de bebida no bar a “saideira”. Conforme uma testemunha falou para a polícia, após a negativa, Francisco puxou a pistola e efetuou vários tiros contra Rivonaldo, que morreu no local.

As diligências em busca de Francisco Batista estão acontecendo na região, ele fugiu para dentro do mato. Minutos depois da fuga, seu veículo foi encontrado abandonado. Os agentes da lei suspeitam que ele esteja escondido na região de caatinga, na área de Patu, local da ocorrência.

*Com informações de Mossoró Hoje e Tribuna do Norte

Comentários

Postagens mais visitadas