Queda de paredão de cânion em MG deixou 7 mortes até agora


Queda de paredão de cânion deixou 7 mortes, segundo os bombeiros de Minas Gerais. Causas do desabamento ainda não foram esclarecidas; Marinha e Polícia Civil investigam.

O desabamento de pedras em um cânion no lago de Furnas, em Capitólio (MG), deixou 7 mortos neste sábado (8) após atingir 4 embarcações que estavam na área.

Veja o que se sabe e o que ainda falta esclarecer:

  • Quantos mortos e feridos no acidente?
  • Qual o horário do deslizamento?
  • Quais as causas do desmoronamento?
  • Como é a formação rochosa da região?
  • Os turistas podiam estar no local?
  • Como é o Lago de Furnas em Capitólio?

Quantos mortos e feridos no acidente?

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais confirmou 7 mortes pelo deslizamento até a última atualização desta reportagem. 4 embarcações receberam impactos de pedras (sendo que 2 foram atingidas diretamente pelo paredão).

As vítimas são 3 mulheres e 4 homens, informou o delegado de Capitólio; ninguém foi identificado ainda.

Ao todo, 34 pessoas estavam envolvidas no acidente; 27 pessoas foram atendidas e liberadas com ferimentos leves, mas 4 ainda estão internadas.

A estimativa inicial era de que 20 pessoas podiam estar desaparecidas, mas o número foi atualizado para 4, disseram os bombeiros. O número foi levantado com base em relatos de empresas de turismo e familiares de pessoas na região.

As buscas continuam, mas os trabalho foram suspensos durante a noite para a segurança da equipe de resgate, e serão retomados na manhã de domingo. 40 bombeiros e mergulhadores estão no local, mas o mau tempo impediu a chegada do helicóptero do Corpo de Bombeiros ao local.

Outras 9 seguem internadas:

  • 2 pessoas com fraturas expostas foram para a Santa Casa de Piumhi, a cerca de 23 km de Capitólio;
  • 2 pessoas ainda não têm estado de saúde confirmado e estão sendo atendidas na Santa Casa de Passos, a 74 km de Capitólio; a terceira pessoa que estava internada em Passos foi para um hospital particular – por isso, os bombeiros não têm informações sobre o estado de saúde dela.

Qual o horário do deslizamento?

O desmoronamento das rochas aconteceu por volta de 12h30, segundo informações do Corpo de Bombeiros.

Quais as causas do desmoronamento?

Ainda não há informações oficiais sobre as causas do incidente. Pela manhã, a Defesa Civil de Minas Gerais havia feito um alerta sobre chuvas intensas e a possibilidade de ocorrências de "cabeça d'água' na região de Capitólio, mas ainda não há uma confirmação de isso ser a causa das quedas no cânion.

A Marinha disse que será investigado por que os passeios foram mantidos mesmo com os alertas.Por meio de nota, a Marinha do Brasil informou que um inquérito será instaurado para apurar causas, circunstâncias do acidente. A Polícia Civil também investiga o caso.

Um segundo vídeo mostra passageiros de uma das lanchas tentando avisar sobre o deslizamento da pedra segundos antes de ela cair:


Passageiros de lancha tentam avisar sobre desabamento de cânion em Capitólio, MG

Comentários

Postagens mais visitadas