Membros de facção criminosa invadem favela e matam morador com mais de 20 tiros de pistola no meio da rua.


Jhonata Patrick Oliveira de Morais de 20 anos de idade, foi morto a tiros no final da noite deste domingo, 30 de janeiro, quando chegava em casa na Rua Francisco Zacarias da Silva, na conhecida favela do velho, no bairro Dom Jaime Câmara em Mossoró.

O jovem tinha ido com a esposa e um filho na Unidade de Pronto Atendimento do Alto de São Manoel, para atendimento médico. Quando chegava em casa, ele foi surpreendido por cerca de 06 criminosos armado, que segundo a polícia descarregaram todas as munições de uma pistola calibre 380.

De acordo com a polícia, Jhonata, não tinha envolvimento com ilícitos e teria sido morto por membros de uma facção criminosa que procurava desafetos de uma facção rival, que predomina na favela do velho, com um histórico de rivalidade e violência.

A polícia acredita que qualquer pessoa que fosse encontrado na rua naquele momento poderia ter sido morto pelos criminosos.

A perícia criminal identificou cerca de 33 perfurações, de entrada e saída, provocadas pelos disparos. No local do crime, poucas munições e fragmentos foram encontrados.

Depois dos procedimentos de perícia no local, o corpo foi removido para exames de necropsia na Unidade Regional do Itep em Mossoró. (ocamera).

Postar um comentário

0 Comentários