“Marília só possuía uma parte da carreira”, diz advogado. Leia nota

Em nota enviada à coluna LeoDias, assessoria jurídica da cantora confirma abertura do processo de inventário da artista.
O processo de inventário dos bens de Marília Mendonça  foi instaurado na semana passada, na Justiça de Goiânia. Em nota enviada à coluna LeoDias, o advogado da família, Robson Cunha, fez questão de ressaltar, no entanto, que os valores estimados pela imprensa não correspondem ao patrimônio acumulado pela artista. “Até porque (Marília) possuía apenas uma parte da sua carreira“, diz o defensor. Ao afirmar que a cantora tinha “apenas uma parte de sua carreira”, o advogado sinaliza que a artista não ficava com 100% dos valores obtidos com vendas de shows, publicidade e contratos com a gravadora.
Depois da morte da cantora, num trágico acidente aéreo, em novembro de 2021, rumores davam conta de que o patrimônio da eterna Rainha da Sofrência beirava a casa do meio bilhão de reais. O advogado nega: “Não correspondem nem perto da realidade do patrimônio da Marília”.

Conforme publicado pela coluna LeoDias com exclusividade, Murilo Huff e dona Ruth decidiram que caberá à mãe de Marília Mendonça a tutela dos bens do filho da artista, o pequeno Léo.

Postar um comentário

0 Comentários