Incêndio em prédio de Nova York deixa 19 mortos, entre eles nove crianças

 Incêndia NY, EUA, Bronx

Incêndio no segundo e no terceiro andares de prédio residencial no bairro do Bronx foi causado por aquecedor portátil; prefeito cita 19 mortes e diversos feridos graves.

 19 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas em um incêndio ocorrido em um prédio de apartamentos situado no bairro do Bronx, em Nova York (EUA), anunciou o prefeito da cidade, Eric Adams, neste domingo, 9.

O jornal "New York Times" e a rede de TV norte-americana CNN citaram funcionários não identificados que deram conta de nove crianças entre os mortos.

"Sabemos que temos 19 pessoas confirmadas como mortas, assim como várias outras em estado crítico", disse Adams, que assumiu o cargo há uma semana, à rede de TV. Segundo ele, 63 pessoas ficaram feridas. "Esse será um dos piores incêndios da história" da megalópole, destacou.

Duzentos bombeiros trabalharam no combate ao incêndio, declarado pela manhã no segundo e terceiro andares do prédio, de 19 pavimentos, segundo o departamento dos bombeiros (FDNY). Vizinhos disseram ter visto moradores desesperados, aparentemente presos.

"Estava um caos", contou à AFP Goerge King, morador do prédio vizinho. "Vi a fumaça, havia muita gente em pânico. Você podia ver que ninguém queria pular do prédio. As pessoas agitavam os braços nas janelas."

O incêndio foi causado por um aquecedor portátil, informou o comissário do Departamento de Bombeiros da cidade, Daniel Nigro. "Os xerifes determinaram, com base em evidências físicas e relatos de moradores, que o incêndio começou em um quarto, devido a um aquecedor elétrico portátil", detalhou o comissário.

Os feridos foram levados para cinco hospitais e muitos deles tiveram parada cardíaca e respiratória, informou o New York Times. “Isso é realmente uma tragédia”, lamentou Eric Adams.

Postar um comentário

0 Comentários