Conselho Municipal de Saúde se posiciona em nota sobre a realização do Carnaval 2022 de Caicó.

O Conselho deixou claro que a posição defendida é pela suspensão, tanto dos eventos públicos como privados.

Na nota o CMS justificou que o Carnaval cria uma aglomeração muito grande em que o distanciamento social não é possível, e isso faz com que os riscos de transmissão sejam altos, além do mais, com o cancelamento do carnaval nas demais cidades do RN e Nordeste, Caicó terá um grande público aumentando de forma exponencial, os riscos de aumento da COVID e Síndrome Gripal (H3N2).

NOTA:

Uma festa como Carnaval, por exemplo, cria uma aglomeração muito grande em que o distanciamento social não é possível, e isso faz com que osriscos de transmissão sejam altos, além do mais, com o cancelamento do carnaval nas demais cidades do RN e Nordeste, Caicó terá um grande público aumentando de forma exponencial, osriscos de aumento da COVID e Síndrome Gripal (H3N2)!

Na prática, o que acontece é que a proximidade com as pessoas em festas com grandes públicos e aglomerações aumenta e muito a possibilidade de contato com secreções respiratórias, especialmente em uma festa como carnaval, em que o público gosta de cantar e ter contatos mais próximos, como beijos e abraços. Do ponto de vista sanitário, é um grande risco e o município certamente não terá estrutura sanitária suficiente para fazer a fiscalização das práticas não farmacológicas! Por essas razões o CMS defende que neste momento a centralidade da Gestão Pública é em defesa da vida e cuidar da saúde da população de Caicó!!

Atenciosamente,
José Procópio de Lucena

Postar um comentário

0 Comentários