Após aumento de casos de covid-19 e gripe no RN, HUOL suspende visitas nas enfermarias e UTI

 Foto divulgação Huol 2

 Medidas passam a valer a partir desta terça-feira 25 e impactam somente novas agendas. Não haverá cancelamento de marcações já realizadas.

O Hospital Universitário Onofre Lopes (Huol), que é vinculado à Universidade Federal do Rio Grande do Norte e à Rede Hospitalar Ebserh (Huol-UFRN/Ebserh), anunciou nesta terça-feira 25 uma série de medidas de enfrentamento à pandemia e também ao aumento de casos de gripe no Rio Grande do Norte. Entre as medidas, que começam a valer imediatamente, estão a suspensão de visitas nas enfermarias e também nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI) da unidade.

Também foram anunciados que a partir desta terça-feira haverá restrição de acompanhantes aos casos previstos em lei: para pacientes idosos (maior ou igual a 60 anos), jovens até 16 anos incompletos e portadores de necessidades especiais; reforço das medidas preventivas em todas as áreas do hospital e redução em 35% dos leitos disponíveis para internação em todos os andares do Edifício Central de Internações (ECI).

Outras alterações na rotina foram comunicadas:

  • Suspensão dos exames eletivos de média complexidade;
  • Suspensão das agendas eletivas da Unidade de Reabilitação;
  • Suspensão das cirurgias eletivas de média complexidade;
  • Suspensão das atividades do centro cirúrgico ambulatorial;
  • Suspensão das agendas do ambulatório no Sistema de Regulação (Sisreg).

Segundo o Hospital, as providências impactam somente novas agendas, não gerando cancelamentos de marcações já realizadas, e têm objetivo de preservar os serviços essenciais, além de reduzir a circulação de pessoas no hospital, garantindo maior proteção aos pacientes, profissionais de saúde e comunidade em geral.

 

Postar um comentário

0 Comentários