Padre agride ex-seminarista que o acusa de violência sexual: “Você está me enforcando”

Agressor foi reitor do Seminário Propedêutico Nossa Senhora do Socorro, em Mogi das Cruzes, na região metropolitana de São Paulo.

Um vídeo registra o padre Ismael Almeida Santana, 31 anos, agredindo um ex-seminarista, que o acusou de abuso sexual. Santana é ex-reitor do Seminário Propedêutico Nossa Senhora do Socorro, em Mogi das Cruzes, na região metropolitana de São Paulo.

As agressões ocorreram dentro de instalações da instituição, de acordo com o UOL, e foram gravadas em fevereiro de 2021. O padre é acusado de violência sexual pelo ex-seminarista, de 28 anos.

Uma denúncia contra o padre foi feita pelo ex-seminarista ao tribunal eclesiástico da diocese de Mogi das Cruzes, em 26 de fevereiro. O religioso foi suspenso e afastado de suas funções na ocasião.

Em uma das cenas registradas em vídeo, a vítima pede para sair da casa do padre, chorando e andando de um lado para o outro. Mas o religioso puxou o ex-seminarista pelo braço e o empurrou. A vítima repetiu três vezes: “Você está me machucando”.

O padre, então, segura a vítima pelo queixo aperta e o empurra novamente. As imagens foram gravadas pelo celular do ex-seminarista e foram apresentadas como prova contra o clérigo.

Em outro momento do vídeo, o padre apaga a luz e pega novamente o homem pelo pescoço. Nesse momento, a vítima diz: “Você está me enforcando. Você vai me matar”. Ismael derruba o rapaz e a tela do celular fica preta.

O agressor é padre desde 2018 e acumulava os cargos de reitor do Seminário Propedêutico Nossa Senhora do Socorro, de notário atuário do tribunal eclesiástico diocesano, de membro da comissão diocesana de tutela de menores, de responsável pelo programa semanal da diocese da Rádio Metropolitana FM e de assessor diocesano da Pastoral do Menor.

Comentários

Postagens mais visitadas