Jovem é vítima de estupro coletivo em Flores

 


A jovem de 29 anos denunciou que foi vítima de um estupro coletivo. “…me estupraram, filmaram tudo e depois espalharam os vídeos”

No último domingo (19 de dezembro de 2021), uma mulher de 29 anos denunciou que foi vítima de um estupro coletivo na cidade de Flores, no Sertão do Pajeú. A reportagem do Farol de Notícias entrou com contato com a vítima, que já prestou boletim de ocorrência e está a caminho de Serra Talhada para fazer exames.

A jovem, que é autônoma, contou que foi prestar o concurso para a Prefeitura de Flores e, ao sair da prova, encontrou com um dos acusados, que é seu conhecido e sentou para beber com ele. Depois disso ela disse que não lembra o que aconteceu e não sabia de nada até ontem (20), quando um deles enviou para ela 2 vídeos mostrando tudo que fizeram, com a participação ainda de mais duas pessoas.

No momento em que recebeu os vídeos, a jovem ficou em choque e foi na delegacia prestar queixa. Ela agora aguarda Justiça e diz que está se sentindo acolhida pela família e a população.

Eu terminei de fazer a prova do concurso de Flores e fui dá uma volta na rua, um deles era muito conhecido meu e me chamou para ficar na mesa com ele bebendo. Tinha mais gente na mesa, mas foram embora por conta dos ônibus, fiquei só com mais 2 rapazes na mesa, já no finalzinho chamaram outro rapaz. No momento eu só estava bebendo cerveja mesmo, eu não lembro de quase nada. O que me falaram é que eles me levaram para um motel, me estupraram, filmaram tudo e depois espalharam os vídeos. Hoje (21), estou indo para Serra Talhada para fazer os exames. Eu espero que tenha justiça, não é a primeira vez que isso acontece comigo, da primeira vez não tinha provas suficiente, mas dessa vez tem provas. Agora que eu estou com apoio da população e da minha família estou bem melhor, mas não é fácil não. Dos 3 eu só conheço um deles e eu nunca esperava que ele fizesse algo desse tipo comigo. Já procurei a delegacia para fazer o Boletim de Ocorrência. Um dos estupradores me enviou o vídeo do que eles fizeram comigo, agora espero por justiça

afirmou a vítima.


Postar um comentário

0 Comentários