A tradicional família Costa, com raízes entre os municípios de São José do Seridó e Caicó.


A família é uma prole de 11 homens e quatro mulheres, fruto do laço matrimonial do casal Raimundo “Pretinho” e Santa Costa.

BATEU O MARTELO
A tradicional família Costa, com raízes entre os municípios de São José do Seridó e Caicó, é uma prole de 11 homens e quatro mulheres, fruto do laço matrimonial do casal Raimundo “Pretinho” e Santa Costa.
Recentemente, todos os familiares estiveram reunidos sem muita badalação para não chamar a atenção de curiosos e paparazzi perturbadores, doidos por fofocas ou algo do gênero.
Mesmo com todos os cuidados necessários, para evitar vazamento das conversas, nosso serviço de inteligência descobriu um importante furo. Trata-se da decisão do deputado estadual Vivaldo Costa, em bater o martelo sobre o seu sucessor político: a escolha foi feita e, por coincidência, num momento em que Judas Tadeu tem um elevado índice de aprovação da sua administração no município de Caicó.
O encontro da família Costa teve como principal objetivo o Papa Jerimum anunciar que vai entregar ao médico e atual prefeito de Caicó, Judas Tadeu, o seu legado político, com o propósito de continuar na luta para preservar toda a sua história política.
Não adianta Dadá Costa espernear, e Bibi Costa, querer fazer beicinho. O filho de Ivo Alves e Rosa, será o herdeiro político natural do Papa Jerimum e "zefini".
Leleu Fontes

Postar um comentário

0 Comentários