Header Ads Widget


 

Novo salário mínimo de 2022 alcança recorde e será o maior dos últimos anos


Pesquisa divulgada pelo site "Poder360" na noite de hoje mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) segue na liderança da corrida eleitoral, para o pleito do ano que vem. O petista também vence todos os candidatos em um eventual segundo turno, variando a sua pontuação entre 47% e 54%. Moro, Ciro e Doria/Leite estão tecnicamente empatados na terceira posição, sempre com Bolsonaro em segundo.

A pesquisa foi realizada pelo PoderData, divisão de estudos do site de notícias, entre os dias 22 de novembro e 24 de novembro. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Reajuste do salário nos últimos seis anos

  • 2016: R$ 880 (Reajuste de 11,6%);
  • 2017: R$ 937 (Reajuste de 6,48%);
  • 2018: R$ 954 (Reajuste de 1,8%);
  • 2019: R$ 998 (Reajuste de 4,6%);
  • 2020: R$ 1.045 (Reajuste de 4,7%);
  • 2021: R$ 1.100 (Reajuste de 5,2%);
  • Previsão para 2022: R$ 1.212,44 (Reajuste de 10,04% mais o reajuste de R$ 2).

Impacto do reajuste do salário

O aumento do salário mínimo causa um impacto financeiro enorme para o governo federal, tendo em vista que diversos benefícios pelo governo, como os benefícios pagos pelo INSS utilizam como base o salário mínimo.

Assim, conforme divulgado pelo governo, somente R$ 1 de aumento no salário mínimo, cria-se uma despesa de R$ 355 milhões, ou seja, com um aumento de mais de R$ 100 no piso salarial de 2022, uma nova despesa de pelo menos R$ 35,5 bilhões deve ser criada.

Postar um comentário

0 Comentários