Header Ads Widget


 

Artista entrega telas em branco após receber US$ 84 mil em dinheiro


‘A obra de arte é que eu peguei o dinheiro deles’ disse o artista dinamarquês.

Um artista dinamarquês entregou duas telas em branco intituladas “Take the Money and Run” (“Pegue o dinheiro e corra” na tradução para o português) depois que um museu lhe emprestou US$ 84.000 para que produzisse obras de arte sob encomenda, segundo o jornal inglês Independent.

Jens Haaning deveria recriar duas de suas obras de arte de 2010 para o Museu de Arte Moderna Kunsten, da Dinamarca, que retratavam a renda média dos residentes da Áustria e da Dinamarca.

O diretor do museu, Lasse Andersson, disse à CBS News que Haaning recebeu o dinheiro para usar na própria obra de arte, além de uma compensação pessoal.

“Também temos um contrato [dizendo] que os US$ 84.000 a serem exibidos na obra não são de Jens e que devem ser pagos quando a exposição for encerrada em 16 de janeiro de 2022”, disse Andersson. O contrato previa ainda que o artista receberia um adicional de 6.000 euros em caso de alguma atualização da obra.

“A exposição se chama 'Work it Out' e apresenta obras de arte de muitos artistas contemporâneos diferentes”, disse o diretor do museu, acrescentando que “Jens é conhecido por sua arte conceitual e ativista com um toque humorístico” e que “ele ainda não rompeu nenhum contrato, pois o contrato inicial diz que teremos o dinheiro de volta em 16 de janeiro de 2022”.

Um comunicado à imprensa diz: “[As peças] mostram como os salários podem ser usados ​​para medir o valor do trabalho e para mostrar as diferenças nacionais dentro da União Europeia. Mas, ao mudar o título da obra para‘ Take the Money and Run ’, Haaning questiona os direitos dos artistas e suas condições de trabalho, a fim de estabelecer normas mais justas dentro da indústria da arte.”

De acordo com a Bloomberg, o artista se recusou a devolver o dinheiro ao museu Kunsten, que ainda está decidindo se denunciará Haaning à polícia caso não devolva a quantia até o final de janeiro, quando a exposição termina.

Postar um comentário

0 Comentários