Header Ads Widget


 

Lula no Nordeste: Ex-presidente percorrerá seis estados por onze dias a partir de domingo (15)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) voltará a percorrer o Brasil a partir de domingo (15) após 580 dias preso sem provas pela operação Lava Jato. O primeiro destino é o Nordeste, região onde o petista nasceu e onde seu partido obteve a maior proporção de votos nas últimas eleições.
Durante onze dias, Lula e sua equipe percorrerão seis estados: Pernambuco, Piauí, Maranhão, Ceará, Rio Grande do Norte e Bahia. A programação inclui encontros com deputados e governadores de cada estado, além de movimentos populares e sindicais. Diferentemente dos giros anteriores, não está previsto nenhum ato aberto ao público.
É a primeira vez que o ex-presidente viajará ao Nordeste para compromissos políticos após recuperar sua elegibilidade.
A última edição ocorreu em 2018, pelos três estados da região Sul.
Agenda
O ponto de partida da nova caravana é o estado-natal de Lula, Pernambuco. No próximo domingo, o ex-presidente tem encontro marcado com o governador Paulo Câmara (PSB). No dia seguinte, estão previstas reuniões com movimentos populares do estado.
Entre terça (17) e quarta (18), o petista estará no Piauí. Na agenda de Lula, estão encontros com lideranças regionais e com o governador Wellington Dias (PT). O ex-presidente ainda receberá estudantes e profissionais beneficiados pelo programa Fome Zero e Programa Universidade para Todos (ProUni).
Também estão previstas transmissões ao vivo para que o ex-presidente converse com a população de cada estado sem provocar aglomerações.
A reta final da viagem está com a agenda em aberto. O que se sabe é que no dia 18, em São Luís (MA), Lula será recepcionado por Flávio Dino (PCdoB), e no dia 20, pelo governador Camilo Santana (PT) em Fortaleza (CE).

Beneficiárias do Bolsa Família "devolveram" cartão do Bolsa Família ao ex-presidente Lula durante a caravana de 2017 pelo Nordeste / Mídia Ninja
Na terça seguinte (24), Lula tem agenda em Natal (RN) com a governadora Fátima Bezerra (PT) e, entre quarta e quinta-feira, estará em Salvador (BA), para encontro com o governador Rui Costa (PT) e movimentos populares que atuam no estado.

Lula e o Nordeste

Natural de Garanhuns (PE), o ex-presidente é considerado o político mais popular da região Nordeste. Entre 2001 e 2011, durante os governos PT, a renda per capita da região cresceu 73%. O período também foi marcado pelo investimento em cisternas e pelo avanço na transposição do Rio São Francisco.
O Nordeste concentra ainda o maior número de beneficiários do Bolsa Família. O programa é uma das marcas registradas dos governos PT e reduziu a extrema pobreza em cerca de 25% no país desde 2003.
Na última eleição presidencial, em que Lula foi impedido de concorrer, os nordestinos foram responsáveis por 43% dos votos obtidos pelo candidato Fernando Haddad (PT), derrotado por Jair Bolsonaro (sem partido) no segundo turno.
Em agosto de 2017, a caravana de Lula por nove estados do Nordeste rendeu imagens históricas e encontros que emocionaram o ex-presidente. Um dos mais emblemáticos ocorreu em Salvador (BA), quando o ex-presidente se reuniu com o baiano Everton Conceição Santos, que onze anos antes havia sido um dos símbolos da campanha de 2006.

Lula "repete" foto com o menino Everton, que no primeiro encontro tinha 7 anos / Ricardo Stucker/Instituto Lula
O ex-presidente Lula é o primeiro colocado nas pesquisas de intenção de voto para as eleições presidenciais de 2022.

Postar um comentário

0 Comentários