Header Ads Widget


 

Manoel Simeão, irmão do ex-prefeito de Caraúbas Aguinaldo Pereira, é morto a tiros na estrada de Upanema

 

 
Manoel Pereira da Silva, 70 anos, Irmão do saudoso ex prefeito de Caraúbas, Aguinaldo Pereira da Silva, foi morto a tiros deste sábado (31), por volta das 10h45, na RN 405, estrada que liga a BR 110 em Upanema a 304 em Assu no Oeste do Rio Grande do Norte.

De acordo com informações da Polícia Militar, a vítima identificada como Manoel Pereira da Silva, natural de Patu, seguia com outra pessoa pela RN 405, estrada que liga a BR 110 em Upanema a 304 em Assu e ao chegarem nas proximidades da Ponte de Ferro o teve o veículo interceptado por criminosos que efetuaram disparos de arma de fogo, o motorista perdeu o controle do veículo e entrou no matagal. Manoel Pereira, irmão do ex prefeito Aguinaldo Pereira da Silva, foi socorrido para o Hospital de Upanema e veio a óbito antes de da entrada na unidade hospitalar.

Ainda de acordo com informação, uma ambulância foi acionada para socorrer a outra vítima, identificada como Francisco Nerisvan A. da Silva, para uma Unidade de Saúde da Cidade de Upanema. Depois de receber atendimento médico foi transferido para o Hospital Regional Dr. Aguinaldo Pereira da Silva.

A polícia realizou buscas pela região, mas nenhum criminoso foi encontrado. Até o momento não se sabe a motivação do crime. Manoel Pereira da Silva, tinha passagem pela polícia e estava solto através de alvará de soltura. Ele é suspeito de vários crimes de roubo de animais e de furto qualificado.

Outros Crimes de homicídios na Família Simeão

Manoel Pereira da Silva, teve outros irmãos mortos a tiros na região Oeste do Rio Grande do Norte. O primeiro foi no dia 23 de dezembro de 1999, quando um grupo armado com fuzis, invadiu a cidade de Caraúbas e eliminou sumariamente o médico José Pereira da Silva e sua auxiliar, a enfermeira Walquíria Batista. A mulher morreu ‘de graça’, isto é, somente por estar ao lado do médico. O segundo irmão morto foi o ex prefeito da cidade de Caraúbas, Aguinaldo Pereira da Silva. Ele foi assassinado a tiros, na madrugada do dia 08 de Novembro de 2001, em uma emboscada. A mulher de Aguinaldo, Antonieta Gurgel, um caseiro e dois seguranças também foram mortos. O crime aconteceu na rodovia estadual RN-117, a cerca de 10 quilômetros de Mossoró. Um obstáculo foi colocado pelos pistoleiros na estrada e o carro em que o prefeito viajava capotou ao tentar fazer o desvio. Segundo a polícia, foram vários tiros dados pelos pistoleiros. O terceiro irmão de Manoel Pereira da Silva morto a tiros, foi Elinaldo Simião Pereira. Ele foi assassinado com quase 20 tiros de pistola e revólver no dia 3 de março de 2006, em Pau dos Ferros. (Icemcaraubas).

 

 

 

Postar um comentário

0 Comentários