TERRÍVEL: Avaliação do Ministério da Saúde é de 3 mil mortes diárias nas próximas semanas


O Ministério da Saúde avalia que, nas próximas duas semanas, o Brasil viverá o pior momento da pandemia do coronavírus. Segundo informações do Valor, os auxiliares mais próximos ao ministro Eduardo Pazuello acreditam que serão 3 mil mortes por dia por covid-19 no país.

A previsão de recorde no número de mortes é a soma de diversos fatores, como as aglomerações de fim de ano e do carnaval, o crescimento na transmissibilidade do vírus, a queda dos índices de isolamento social, as novas cepas e o colapso hospitalar em diversos estados.

Ao mesmo tempo, a vacinação acontece a passos lentos. Até o momento, 7,6 milhões de brasileiros receberam pelo menos a primeira dose do imunizante, mas o país não tem doses suficientes para que o número cresça substancialmente.

Segundo o Valor, o Ministério da Saúde olha com cautela para a região Sul do país. No Rio Grande do Sul a ocupação de leitos de UTI ficou em 100% ao longo da semana. Já Santa Catarina está transferido pacientes com covid-19 para o Espírito Santo.

São Paulo, na avaliação do ministro, tem conseguido evitar o pior porque tem a maior rede hospitalar do país. Mas, se houver um colapso na saúde paulista, a situação do Brasil pode ficar ainda pior.


Postar um comentário

0 Comentários