Entenda quem não terá direito ao novo Auxílio Emergencial


Auxílio emergencial foi prorrogado até dezembro com mais 4 parcelas de R$ 300 — © Estadão Conteúdo

Mesmo sem a definição de valor, o novo Auxílio Emergencial deve começar a ser pago ainda em março.

Auxílio emergencial foi prorrogado até dezembro com mais 4 parcelas de R$ 300 — © Estadão Conteúdo

Com o retorno do Auxílio Emergencial, previsto ainda para o mês de março, muitos brasileiros querem saber quem terá direito ao pagamento do benefício. O governo federal ainda não deixou claro qual será o novo perfil dos beneficiários que receberão as parcelas, mas já listou quem não receberá.

A restrição será similar ao que foi preconizado no pagamento do benefício em 2020. Embora ainda não tenha uma definição com relação ao valor que será pago – já que a equipe econômica do governo propôs 4 parcelas de R$250, e o Congresso ainda não fechou a questão quanto a isso -, as discussões devem ser encerradas antes do fim da primeira quinzena, para que a Caixa possa dar início ao pagamento da primeira parcela.

Quanto às restrições para quem não poderá receber o novo auxílio emergencial, o DATAPREV não irá autorizar o pagamento para os seguintes grupos:

  • Pensionistas;
  • Aposentados;
  • Quem recebe benefício assistencial;
  • Quem está recebendo Seguro desemprego;
  • Quem está trabalhando com carteira assinada.

Beneficiários do Bolsa Família receberão novamente o benefício, de acordo com o deputado André Janones (AVANTE-MG) que acompanha de perto essa pauta.

O parlamentar informou que ainda não existe uma definição quanto às mães de famílias monoparentais, as chamadas ”mães solteiras”.

Postar um comentário

0 Comentários