Presidente da Câmara critica rescisão de contratos da Educação em Caicó


A presidente da Câmara Municipal de Caicó, Rosângela Maria, criticou a decisão do prefeito Robson de Araújo (Batata), que rescindiu os contratos temporários de professores lotados na secretaria de Educação. 

“Tal decisão vai gerar uma crise econômica ainda mais séria. A maioria desses profissionais já fez o seu planejamento financeiro, mas o prefeito aproveita o momento da pandemia para tomar essa decisão”, lamentou a presidente. 

Esse cancelamento dos contratos não vai melhorar a situação do Poder Executivo. Pelo contrário, vai agravar a crise financeira para os servidores temporários. Rosângela defende que o prefeito deveria reunir os educadores, para encontrar uma forma de ocupa-los com atividades através de plataformas digitais. 

“Os professores não podem ser penalizados pela má gestão do Município. É nítido que o prefeito está despreparado para administrar Caicó. Não se programou e usa a pandemia do coronavírus para assinar as demissões”, concluiu ela.
Fonte: CM.C Alexandre Costa

Comentários

Postagens mais visitadas