'Pulmões do mundo são os oceanos, não a Amazônia', afirma Mourão

Vice-presidente Hamilton Mourão. FOTO: Antonio Cruz/Agência Brasil (Crédito: )

O vice-presidente declarou, nas redes sociais, que a Amazônia brasileira está segura e que os incêndios são episódicos. Após críticas de países europeus, Bolsonaro fez reunião com ministros e a equipe do governo passou a adotar tom de naturalidade em relação aos incêndios que atingem a floresta.

'Até agora, Governo tratou a questão ambiental como guerra ideológica' (Crédito: ) 

'Até agora, Governo tratou a questão ambiental como guerra ideológica'

Ontem à noite, foi criado um gabinete de crise para reagir à péssima repercussão mundial da crise na Amazônia. A gota d'água foi a reação do governo francês, que convocou reunião do G7 para tratar do assunto. O governo brasileiro tem feito isso: leva ao limite as repercussões. O Planalto só deu uma resposta ao final da noite desta quinta-feira, ao ver que poderia, ele mesmo, ter prejuízo com o assunto. Tudo para evitar prejuízos da ordem econômica. Sadi lembra que meio ambiente não foi, desde o início, uma prioridade para Bolsonaro: 'lá no seu início, o governo chegou a discutir fusão do Meio Ambiente com a Agricultura. Nunca se escondeu de ninguém que a prioridade era beneficiar bancada ruralista'.

Postar um comentário

0 Comentários